Blog

29 set 2021

4 Dicas para gerir bem um condomínio

Classifique nosso post [type]

As rotinas e tarefas diárias relacionadas à gestão condominial exige muito de síndicos e administradores. Administrar condomínios realmente não é uma tarefa fácil.

Inevitavelmente, um bom síndico e administrador condominial precisa ter conhecimentos básicos em diferentes áreas, dentre elas:

  • Gestão Financeira;
  • Gestão de Pessoas,
  • Legislação Condominial;
  • Contabilidade;
  • Administração;
  • Mediação de Conflitos.

Além da série de conhecimentos e habilidades listadas acima, o síndico e administrador de condomínio também precisa ser uma pessoa extremamente organizada, a fim de manter todas as obrigações da gestão condominial sempre em dia.

Você é síndico ou administrador de condomínios e precisa de algumas para uma boa gestão condominial? Então, você está no lugar certo.

Nesse conteúdo, a Grupo Omnia Consult separou 4 dicas muito importantes para a gestão de condomínios, confira:

1.Terceirize serviços condominiais

Uma das funções do síndico é manter em dia a prestação dos serviços necessários para organização e funcionamento do condomínio.

Sendo assim, é importante contar com empresas e profissionais terceirizados para a prestação de alguns serviços, dentre eles:

  • Gestão de acesso e portaria;
  • Conservação e limpeza de áreas comuns;
  • Cuidados de jardinagem;
  • Limpeza e monitoramento de piscinas.

Faça cotações, encontre bons profissionais no mercado e terceirize as atividades listadas acima a empresas comprometidas em servir com qualidade o condomínio. Por fim, fiscalize a prestação de serviços.

2.Tenha organização e transparência na prestação de contas

Um dos pontos mais críticos da gestão condominial é a parte financeira e a gestão de contas e, portanto, merece atenção especial.

Como responsável pelo condomínio, o síndico é quem deve zelar pelo caixa e pelo uso das receitas recebidas por meio das cotas condominiais.

Os recursos devem ser utilizados para custeio de serviços essenciais ao condomínio e para manter em dia as rotinas de manutenção.

Periodicamente, cabe ao síndico apresentar periodicamente aos condôminos relatórios relacionados a gestão financeira condominial, comprovando a idoneidade das contas.

3.Cuide da manutenção predial do condomínio

Também compete ao síndico cuidar da manutenção predial do condomínio, empregando recursos na manutenção e conservação de áreas e equipamentos comuns, incluindo:

  • Bombas e elevadores;
  • Portões e interfones;
  • Sistemas de CFTV;
  • Instalações comuns de água, gás e energia;
  • Pintura e acabamento de áreas comuns;
  • Manutenção e conservação de piscinas e jardins;
  • Sistemas de segurança;
  • Sistemas de combate a incêndio;
  • Sistemas de prevenção contra descargas elétricas.

Faça um checklist e monte um planejamento para manter as rotinas de manutenção predial sempre em dia, evitando acidentes e a insatisfação dos condôminos com a sua gestão.

4.Melhore a comunicação com os moradores

Por fim, invista em ferramentas que contribuam para a melhoria da comunicação e convivência com moradores.

O condomínio, seu síndico e administradores precisam manter canais de comunicação com os moradores e condôminos.

Invista em um quadro de avisos e mantenha uma ou mais formas de comunicação dos moradores com a administração condominial, incluindo livro de reclamações, telefone de contato ou mesmo atendimento presencial em horário comercial.

Seguindo todas as dicas desse conteúdo, você certamente conseguirá obter êxito na gestão condominial.

Para mais dicas sobre o assunto, continue visitando o nosso blog!